Juiz manda ‘tesouro’ de Geddel para Supremo

geddel - dinheiramaA dinheirama de Geddel Vieira Lima apreendida em apartamento dele. Foto: PF

Fábio Fabrini e Fábio Serapião, de Brasília

13 Setembro 2017

O juiz Vallisney de Souza Oliveira, da 10.ª Vara Federal de Brasília, decidiu nesta quarta-feira, 13, remeter ao Supremo Tribunal Federal a investigação sobre o ‘tesouro perdido’ atribuído ao ex-ministro Geddel Vieira Lima – preso na Papuda. O magistrado alegou em sua decisão que ‘há sinais de provas que podem levar ao indiciamento’ do deputado Lúcio Vieira Lima (PMDB/BA), irmão de Geddel, pelo crime de lavagem de dinheiro.

Conforme a Constituição, congressistas têm foro por prerrogativa de função e só podem ser alvo de inquéritos criminais que tramitem na Corte.

Geddel está preso desde a semana passada na Papuda, por ordem de Vallisney.

*****

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s