Militantes fazem vigília em frente à casa de Lula

militantes

Notícia de possível prisão do ex-presidente circulou nas redes sociais 

17/10/2016

Jornal do Brasil

Centenas de militantes e apoiadores do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva fizeram uma vigília durante a noite até a manhã desta segunda-feira (17) em frente ao seu apartamento, em São Bernardo do Campo, no ABC paulista. O grupo protestava contra uma eventual prisão de Lula.

A notícia da possível prisão do ex-presidente circulou nas redes sociais durante o fim de semana, e provocou a mobilização dos militantes. Com faixas e cartazes, eles passaram a noite no local. Não foram registrados incidentes.

No último dia 13, o juiz Vallisney de Souza Oliveira, da 10ª Vara Federal de Brasília, aceitou denúncia contra Lula por corrupção passiva, tráfico de influência, lavagem de dinheiro e organização criminosa e o tornou réu pela terceira vez.

As acusações são relativas a obras financiadas pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) em Angola, realizadas pela empreiteira Odebrecht. Segundo o Ministério Público Federal (MPF), o ex-presidente teria usado sua influência para conseguir contratos para a construtora no país africano.

Em troca, a Odebrecht teria feito “repasses” a Lula, principalmente por meio de pagamentos de palestras ministradas pelo petista. Para o MPF, “tais contratações prestavam-se tão somente a ocultar a real motivação da transferência de recursos da Odebrecht para o ex-presidente Lula”.

Além disso, o inquérito inclui a Exergia, empresa de seu sobrinho Taiguara Rodrigues dos Santos subcontratada pela empreiteira para atuar em suas obras em Angola. A companhia, embora com pouca trajetória no mercado, teria recebido R$ 20 milhões entre 2009 e 2015.

Taiguara também virou réu, assim como Marcelo Odebrecht e outras oito pessoas. Em seu despacho, o juiz Vallisney de Souza Oliveira escreveu que uma “análise prévia” mostra indícios de que os acusados cometeram os crimes.

Se condenado à pena máxima por todos os delitos pelos quais responde, Lula pode pegar até 35 anos de prisão. Além disso, o ex-presidente já é réu em dois processos decorrentes da Operação Lava Jato.

No primeiro, é acusado de corrupção passiva e lavagem de dinheiro por supostamente ter recebido R$ 3,7 milhões em “vantagens indevidas” da construtora OAS, incluindo um apartamento tríplex no Guarujá (SP). No outro, responde por obstrução das investigações da própria Lava Jato, ao ter tentado impedir o ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró de assinar acordo de delação premiada, segundo o MPF.

Defesa

Em nota, os advogados de Lula disseram que o ex-presidente “jamais interferiu na concessão de qualquer financiamento do BNDES. Como é público e notório, as decisões tomadas por aquele banco são colegiadas e baseadas no trabalho técnico de um corpo qualificado de funcionários”.

Veja a nota da defesa na íntegra:

“O ex-presidente Lula é vítima de lawfare, que nada mais é do que uma guerra travada por meio da manipulação das leis para atingir alguém que foi eleito como inimigo político”. Uma das táticas de lawfare é o uso de acusações absurdas e sem provas. É o que se verifica nessa denúncia ofertada pelo Ministério Público Federal, recebida hoje (13/10/2016) pela Justiça Federal de Brasília. Nessa nova ação Lula é acusado pelo MPF de ter influenciado a concessão de linhas de crédito de R$ 7 bilhões para a Odebrecht e ter recebido, em contrapartida, um plano de saúde para seu irmão e a remuneração por duas palestras que ele comprovadamente fez – em valores que são iguais aos contratos relativos às demais palestras feitas pelo ex-presidente a 41 grupos empresariais.

Lula jamais interferiu na concessão de qualquer financiamento do BNDES. Como é público e notório, as decisões tomadas por aquele banco são colegiadas e baseadas no trabalho técnico de um corpo qualificado de funcionários.

No prazo assinalado pelo juiz, será apresentada a defesa técnica em favor de Lula, que demonstrará a ausência dos requisitos legais necessários para o prosseguimento da ação e, ainda, que o ex-presidente não praticou qualquer dos crimes imputados – sem qualquer prova – pelo MPF”.

*****

2 comentários sobre “Militantes fazem vigília em frente à casa de Lula

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s