Projeto quer mestres de capoeira nas escolas de Campo Grande, MS, para valorizar cultura afro-brasileira

capoeiraVereadora defende que ensino do esporte não pode ficar restrito a professores de educação física (Foto: Cecab)

25 SET 2016

Correio do Estado / Da Redação

Projeto de lei de autoria da vereadora Luiza Ribeiro (PPS) quer permitir que mestres de capoeira lecionem aulas da modalidade na Rede Municipal de Ensino. O objetivo é preservar a cultura da luta na Capital.

Conforme a vereadora, várias escolas municipais e Ceinfs (Centro de Educação Infantil) possuem projetos de atividades complementares que poderiam receber as aulas, porém a Secretaria de Educação exige que os mestres sejam graduados em educação física.

“A Secretaria entende que só pode ministrar as aulas quem é graduado em educação física, porém a capoeira não é algo que se aprende na faculdade. É questão de cultura”, explicou.

Para a vereadora, a inserção de rodas de capoeiras e o ensino do esporte nas escolas é uma maneira de valorizar a cultura negra. Luiza também ressaltou que os mestres são preparados e qualificados para tal atividade. “Eles passam por várias etapas até poderem comandar uma roda de capoeira”, disse.

O projeto de lei está sendo analisado pelo Fórum Estadual da Capoeira de Mato Grosso do Sul e deve ser apresentado na Câmara Municipal de Campo Grande até o fim do ano.

*****

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s