OLIMPÍADAS: Jovem indígena vai protagonizar “ponto alto” do revezamento da tocha em Campo Grande, MS

 

indigena-vai-carregar-tocha-310
Vanilson já levou a bandeira de Mato Grosso do sul nos Jogos Indígenas em 2014 – Divulgação/Funesp 

20 JUN 2016

Por JOÃO GABRIEL VILALBA / Correio do Estado

indigena-vai-carregar-tocha-41Acadêmico de Medicina Veterinária, Vanilson Farias Francisco, 20 anos, foi o escolhido para finalizar o revezamento da Tocha Olímpica, que estará em Campo Grande, no dia 25 de junho, próximo sábado. De acordo com a organização do evento, o jovem vai atravessar o lago do Parque das Nações Indígenas de canoa e depois acenderá uma pira.

Vanilson que já participou dos jogos indígenas em 2014 realizado no Tocantins, passou por treinamento no lago do parque, na tarde da última sexta-feira (17), feito por uma equipe de canoagem do Estado.

“Estou ansioso para participar neste revezamento da Tocha. Vai ser um momento histórico em minha vida, e vou contar para meus filhos e netos”, comentou.

TRAJETO

Chama Olímpica que chegará ao Mato Grosso do Sul na noite de sexta-feira (24), será recepcionada no Aeroporto Internacional de Campo Grande pelo prefeito Alcides Bernal e o governador Reinaldo Azambuja.

Na manhã de sábado (25), a Tocha seguirá pelo município de Bonito e depois retorna para Capital, onde percorrerá no período da tarde as seguintes vias: Av. Duque de Caxias, rua das Andradas, av. Júlio de Castilhos, rua Cândido Mariano, rua Alan Kardec, rua João Rosa Pires, Praça das Araras, retorna a av. Duque de Caxias, av. Afonso Pena, rua 13 de Maio, rua Quinze de Novembro, av Calógeras, av. Costa e Silva até o Campus da UFMS.

Partir da Universidade Federal, a tocha vai percorrer de ônibus uma parte do trajeto, onde voltará a ser conduzida nas ruas. No chamado plano B, pela rua Spipe Calarge (esquina com a rua Cruzeiro) e, depois a av. Eduardo Elias Zahran, rua Rui Barbosa, rua Dr. Aníbal, rua 14 de Julho, av. Mato Grosso, Pedro Celestino, rua Maracaju, 13 de Maio, Barão do Rio Branco, Arthur Jorge, passa pela Prefeitura de Campo Grande, av. Afonso Pena, rua Bahia, Av. Mato Grosso, rua Ceará. rua Euclides da Cunha, Rio Grande do Sul, Afonso Pena e chega ao Parque das Nações Indígenas.

A previsão é que a tocha chegue às mãos de Vanilson às 19h15, no Parque das Nações Indígenas. Último trecho será percorrido pelo indígena, que carregará a Chama numa canoa, onde atravessará o lado até uma pira olímpica que será montada no local.

De acordo com a prefeitura da Capital, a partir das 16h, o parque concentrará atividades de lazer e esporte orientada pela Funesp (Fundação Municipal de Esportes), e quando a Tocha chegar nas mãos do acadêmico, será realizado um grande show com cantores regionais.

*****

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s