ONU diz que 700 migrantes morreram na semana passada no Mediterrâneo

imigrantes

30/05/2016

Folhapress / Jornal O Estado

Cerca de 700 migrantes, incluindo 40 crianças, podem ter morrido na semana passada em naufrágios de embarcações na tentativa de cruzar da Líbia para a Itália, segundo depoimentos de sobreviventes coletados pelo Acnur (Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados) em relatório publicado ontem (29).

“Nunca saberemos o número exato, nunca conheceremos sua identidade, mas os sobreviventes nos disseram que há mais de 500 mortos”, disse no Twitter após a tragédia de quinta-feira uma porta-voz da Acnur, Carlotta Sami.

Cerca de 14 mil pessoas foram resgatadas desde segunda-feira (23) em meio a um mar calmo, e houve pelo menos três casos confirmados de barcos afundados. Mas o número de mortos só pode ser estimado com base nos testemunhos de sobreviventes, que ainda estão sendo coletados. (Ver reportagem completa no jornal “O Estado” de hoje (30/5).

http://www.oestadoms.com.br

*****

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s