Força-tarefa quer resolver arrombados no Rio Taquari, MS

Sem título

Medidas serão adotadas por meio de dados do Cadastro Ambiental Rural, que, analisados, darão suporte às ações

pantanal3Força-tarefa envolvendo Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico (Semade), Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul), Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e Agência Nacional de Águas (ANA) pretende conter os focos de arrombamento das margens do Rio Taquari, que banha a região norte do Estado e o Pantanal. As ações de conservação ambiental devem começar ainda no primeiro semestre deste ano.

A deliberação saiu após reunião entre representantes dos órgãos envolvidos e especialistas do setor. As iniciativas para barrar a deterioração do Rio Taquari serão guiadas por dados prestados ao Cadastro Ambiental Rural (CAR), registro eletrônico obrigatório aos imóveis rurais para controle, monitoramento e combate ao desmatamento das florestas e demais formas de vegetação nativa, bem como para planejamento ambiental e econômico das propriedades.

De acordo com superintendente do Ibama em MS, Márcio Yule, as informações do CAR ajudarão a força-tarefa a escolher uma microbacia situada na região do Alto Taquari – das nascentes até a confluência com o Rio Coxim – para focar as ações. “Vamos poder fazer um diagnóstico das áreas, eleger uma delas para ver as intervenções necessárias, como conservação do solo, de estradas vicinais, recuperação de vegetação”.

*Ver reportagem completa de Jones Mário na edição de hoje (16/05) do jornal Correio do Estado. (www.correiodoestado.com.br)

*****

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s